» A Federação » CEAF-AM » Ouvidoria » Regulamento Geral de Competições » Poderes da FAF » Estatuto » Estádios » Presidência » Diretoria » Conselho Fiscal » Notas Oficiais
Amazonense Feminino 2019 Amazonense Sub-21 2019 Amazonense Sub-17 2019 Amazonense Sub-15 2019
» Curso de Arbitragem » Escalas de Arbitragem » Relação dos Árbitros
» Composição » Corregedoria » Editais » Portarias » Resoluções » Resultado de Julgamento » Decisões » Punições » Acordãos » Notícias » Atos da Corregedoria » Tabela de Taxas, Custos e Emolumentos » Contato
» Galerias » Vídeos
» Fale Conosco » Fale com o Presidente
» Calendário 2019

NOTÍCIAS
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

19.08.2019 - 09:50  |  Final da Série D 2019 (jogo da volta)

Nos pênaltis, Brusque bate o Manaus FC e conquista o título da Série D

Antônio Assis/Asscom-FAF

Depois de novo empate no tempo normal, o Brusque venceu nas penalidades e coroou o acesso à Série C

 O Brusque é o grande campeão da Série D 2019! O capítulo final competição teve casa cheia, quatro gols no tempo normal, disputa de pênaltis e festa catarinense na Arena da Amazônia. Na tarde deste domingo (18), Manaus e Brusque mais uma vez ficaram no empate em 2 a 2 durante os 90 minutos. E nas penalidades, os visitantes foram perfeitos e, com 100% de aproveitamento, conquistaram o título com uma vitória por 6 a 5

 

O duelo decisivo começou em ritmo alucinante na Arena da Amazônia. O juiz mal havia apitado o início da partida e já tinha torcedor comemorando. Aos dois minutos de jogo, Júnior Pirambu aproveitou uma sobra dentro da área para colocar o Brusque em vantagem. Mas o gol relâmpago dos visitantes não assustou Manaus, que precisou de apenas cinco minutos para empatar a partida. Panda cruzou na área, Derlan escorou e Sávio fez o desvio certeiro: 1 a 1. O duelo continuou lá e cá. Enquanto Ruan e Thiago Alagoano criaram boas chances para os catarinenses. Os donos da casa responderam pelos pés de Derlan. 

Na etapa complementar, a rede demorou um pouco mais para balançar. Aos 13, veio a virada manauara. Após cobrança de escanteio, Mateus Oliveira fez a antecipação e testou firme direto para o fundo das redes: 2 a 1. Precisando do empate a todo custo, o Brusque foi para cima e, aos 36, Thiago Alagoano recolocou os catarinenses na briga. Com o empate no marcador, a decisão se encaminho para as penalidades. 

 

 

Na disputa de pênalti, o Brusque foi perfeito e converteu todas as seis cobranças. Thiago Alagoano, Airton, Thiago Henriques, Gama, Vinícius e Zé Carlos estufaram as redes e garantiram o título para os catarinenses. 

 

Fonte:www.cbf.com.br

 

Asscom/FAF

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
CURTA A FAF

Av. Constantino Nery, 282 - Centro.

Telefone: (92) 3232-9491

© 2015-2019. Federação Amazonense de Futebol.

Todos os direitos reservados.